Quarta, 06 Março 2019 19:09

Bloco sujo

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

O carnaval brasileiro sempre teve sua saudável dose de política. Acho que a deste ano foi um tanto excessiva. Mas isso é uma opinião pessoal. Não é por tê-la que irei defender qualquer forma de contenção, repressão e muito menso censura às manifestações – espontâneas ou ensaiadas – da quadra carnavalesca, a maior festa popular do país – e, talvez, do mundo. O direito de criticar é livre, podendo ser exercido tanto por quem participa das tantas formas festivas da temporada quanto pelos que a apreciam de fora.

Para tristeza dos que admiram o carnaval, a intolerância e a irracionalidade pularam os muros de Momo e ocuparam o território da folia, que deveria ser incondicionalmente marcada pela alegria, o espírito esportivo, o humor e a manemolência. O pior é essa onda de fanatismo ser estimulada pela maior autoridade pública. O presidente Jair Bolsonaro deveria estar aproveitando a temporada para tratar dos assuntos do governo, ao invés de liderar um bloco de sujos, já em fim de festa. A nação, penhorada, agradeceria – assim como o carnaval.

Ler 138 vezes

Comments fornecido por CComment