Sábado, 30 Março 2019 18:49

Apagão de lá

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

No dia 7 de março, uma falha na hidrelétrica de Guri, a maior do país e uma das maiores do mundo, deixou a Venezuela sem energia durante uma semana. Na última segunda-feira, 18 dias depois, um novo apagão atingiu pelo menos 18 dos 24 Estados, incluindo a capital, Caracas, que sofreram blecaute, total ou parcialmente, por pelo menos 72 horas.

O governo de Nicolás Maduro, mesmo sem se pronunciar oficialmente a respeito, sustenta que os Estados Unidos e a oposição são os responsáveis por atos de sabotagem no fornecimento de energia, através de ataques “eletromagnéticos” contra o sistema elétrico.

A acusação carece de provas, ao menos por enquanto. Parecem mais plausíveis outras causas apontadas: má gestão dos recursos destinados ao setor elétrico foram as causas reais do problema. Ou pela fuga de técnicos que antes operavam o sistema, em busca de melhores condições de trabalho, ou pelas condições precárias do sistema. Ou os dois fatores em conjunto.

O Brasil deveria dar mais atenção a essa questão específica. Afinal, a maior parte da energia que chega a Roraima vem de Guri, no rio Orenoco. E o problema da passagem da linha de transmissão de energia a partir de Manaus continua estancada na reserva dos índios Waimiri-Atroari.

Ler 76 vezes
Mais nesta categoria: « Termelétrica de Barcarena

Comments fornecido por CComment