Quinta, 20 Setembro 2018 09:22

Belém (ou Sucupira?)

Escrito por Lúcio Flávio Pinto
Avalie este item
(0 votos)

Quando os foguetes começaram a estourar para os lados da Doca, a memória despertou: era Sucupira que eu tentava lembrar, a cidade ficcional de Dias Gomes comandada (na novela O Bem-Amado) pelo prefeito Odorico Paraguaçu (o maravilhoso Paulo Gracindo, que me lembrava o poeta Ruy Barata), ansioso pela inauguração – sempre adiada – de sua grande obra, o cemitério municipal. No caso de Belém, a obra em inauguração é a nova rua, com o nome da capital dos paraenses (quantos metros mesmo? 100? 200?), prolongada da avenida Pedro Álvares Cabral até a Municipalidade.

É a primeira de uma série de inaugurações, talvez, para abrir ao público, além da via de tráfego de veículos e pedestres, uma área de lazer vizinha, num dos pontos mais maltratados da cidade, na zona portuária, com uma caveira de burro enterra no seu solo plástico. Obra com a qual o candidato ao governo do Estado, Helder Barbalho, pretende enfrentar, quem sabe, a maior rejeição ao nome da família na cidade. A mesma cidade que, em 1950, foi chamada de heroica, por ter imposto uma derrota ao caudilho Magalhães Barata. Cidade que deu a vitória a Jader Barbalho em 1982, quando ele deixou de ser oposicionista para se tornar integrante destacado da confraria do poder.

Enquanto, finalmente, conseguia me lembrar de Sucupira, graças aos rojões eleitorais, me veio também à memória, por emulação, a inauguração de um trecho (de quantas quadras? quatro? cinco?) da rua Antônio Barreto, entre Umarizal e Fátima, pelo prefeito Hélio Gueiros, edulcorada pelo anúncio de que teria a mais grossa camada de asfalto de toda cidade (quantos centímetros mesmo?). Obra a ser imortalizada pela companhia da Doca, também melhorada pelo alcaide, que se confessava um tarado por Docas (a glamourosa passarela de esgoto a céu aberto).

Bem que dias Gomes podia psicografar esta Sucupira ao tucupi.

Ler 99 vezes Última modificação em Segunda, 07 Janeiro 2019 20:31

Comments fornecido por CComment