Sábado, 16 Junho 2018 16:28

Sofre, belenense!

Escrito por Lúcio Flávio Pinto
Avalie este item
(0 votos)

A Cosanpa se comprometeu a resolver um problema na Vileta, no Marco, na próxima segunda-feira, 18. Há 21 meses só um lado do canal tem acesso a água potável. Técnicos da companhia estiveram na área e constataram que a tubulação está quebrada em alguns pontos.

Se o problema fosse simples, porém, já teria sido resolvido – ou então seria o atestado de falência da empresa de água e saneamento do Estado, ao deixar que a abstinência de água atingisse centenas ou milhares de pessoas durante tanto tempo.

É mais complicado. Muitas casas foram construídas sobre as tubulações da rede de abastecimento. Se elas estão danificadas – e não apenas a rede externa, que passa pelas calçadas ou pela via pública – como resolver o problema? Cavando no interior das residências?

Como foi que irregularidade tão grave foi praticada e s perpetuou? Erro do morador insensível e inconsciente? Falta de fiscalização do poder público? Ausência de planejamento e de controle? Ou tudo isso junto e mais algum fator aleatório?

Como é que a Cosanpa só vai ver a situação depois de passados um ano e três meses de convivência dos moradores prejudicados com esse tormento? Uma situação, documentada ontem pela TV Liberal. Durante certo tempo a moradora do lado desabastecido do canal, que saía da sua casa no alvorecer para ir trabalhar e retornava no final da tarde, tinha que carregar água de uma casa amiga para a sua. Às vezes ficava nesse trabalho até três horas da madrugada.

Os vizinhos, condoídos, se juntaram para a compra de uma extensa mangueira, que segue, saindo da casa servida por água, atravessando o canal de um lado para outro, pelas duas pistas de tráfego, até a casa destinatária. Isso é vida? Mas quantos na Vileta e em outros lugares de Belém padecem do mesmo mal? Quantos reclamam? Quantos se mobilizam? E a quantos o poder público atende?

Note-se que o local foi um dos mais beneficiados pelo programa de macrodrenagem das baixadas de Belém, o maior investimento público feito na cidade em muitos anos. A validade da macrodrenagem acabou?

Ler 86 vezes
Mais nesta categoria: « Belém (8) Belém (8) »

Comments fornecido por CComment