Segunda, 26 Março 2018 17:11

Hélio Gueiros ataca

Escrito por Lúcio Flávio Pinto
Avalie este item
(0 votos)

O próximo evento no processo em que o advogado Hélio Gueiros Neto é acusado de assassinar a esposa, Renata Cardim, será uma audiência de instrução, no dia 18 de abril, às 9 horas, na sala de audiências da 1ª vara penal de Belém. 

Seu pai, que é filho do ex-governador e ex-senador Hélio Gueiros, e que foi vice-governador do médico Almir Gabriel, do PSDB, volta a denunciar a existência de uma trama política para condenar o filho. Cita como evidência a ligação que diz haver entre a mãe de Renata e o deputado federal Nilson Pinto de Oliveira, do mesmo PSDB, ex-reitor da Universidade Federal do Pará.

Segundo Gueirios, a ex-sogra do seu filho, Socorro Cardim, tem tido proteção política e policial para agir no processo e esconder seu passado. Repete acusação de que ela teria mandado matar seu companheiro para ficar com o negócio dele, “além de conseguir ser incluída em um ato secreto do governo Jatene, para sua empresa ficar isenta dos pagamentos de impostos estaduais devidos”.

Hélio Gueiros, em texto que postou no Facebook da esposa, Mônica, garante que ele, o filho e toda sua família têm o maior interesse em tornar público tudo que acontece para evitar as manipulações feitas por O Liberal, que, segundo ele, não faz cobertura isenta do fato.

Reproduzo o que Hélio Gueiros escreveu, abrindo espaço neste blog para a resposta que a família Cardim queira dar. O assunto, pelos aspectos apontados pelo ex-vice-governador, passou a ser de alto interesse público. O suficiente para que o governo do Estado responda à acusação, de que concedeu benefícios à Brasfarma, empresa da mãe de Renata, em mais um dos polêmicos atos secretos.

Segue-se o texto.

SEM FILTRO
P. S.
Sábado retrasado, pela manhã, um oficial de justiça foi até minha residência intimar meu filho, na ação motivada pela morte da Renata, em que é acusado pelo nobre promotor Edson Augusto Cardoso de Souza, fundamentado em um parecer do médico legista do caso Habib’s, contratado e pago pela senhora Socorro Cardim, de que a audiência de instrução ocorrerá no dia 18 de abril, às 9 horas da manhã, na sala de audiências da 1ª Vara Penal da Comarca de Belém. Meu filho encontrava-se em viagem de trabalho a São Paulo, mas tão logo retornou à cidade, apressou-se em tomar ciência, a fim de evitar interpretações de que ele está se escondendo e obstruindo a Justiça.

Esse é um processo peculiar. O estado, através de seus representantes, promotor e juiz, entendem que os atos processuais devem ficar escondidos do cidadão comum, por isso decretaram segredo de justiça. O réu, no caso, meu filho, quer que seja difundido tudo, se possível com televisionamento, para que não parem dúvidas sobre sua inocência. É uma questão de transparência.

A vida pregressa da senhora Socorro Cardim, acusada pela polícia e pela família de seu companheiro, José Maria de Lima, de ser mandante do seu assassinato, parece não ter inibido o nobre promotor Edson Cardoso a dar um peso maior a absurda versão do médico do caso Habib’s ao laudo do médico legista, doutor Raniero Maroja, do Instituto Médico Legal do Estado.

Essa senhora, proprietária da firma Brasfarma, negócio herdado após o assassinato de seu companheiro, processada pelo Ministério Público Estadual e Federal por fraudes em licitações, parece ter forte influência política, uma vez que contribuiu com R$ 100.000,00 para a campanha exitosa de reeleição um dos cardeais do PSDB, o deputado federal Nilson Pinto, além de conseguir ser incluída em um ato secreto do governo Jatene, para sua empresa ficar isenta dos pagamentos de impostos estaduais devidos.

Eu preciso recordar tudo isso, porque, nos próximos dias ou semanas, o grupo O Liberal, que faz parte da estrutura de poder do PSDB, e seus congêneres recomeçarão a difamar, novamente, meu filho.

Da última vez, certo de que a trama adrede urdida pelos bandidos que querem ver meu filho na cadeia funcionaria, publicou uma manchete que garantia à população que o Hélio fora preso e continuaria preso durante o carnaval. Deixou para desmentir o fato em uma segunda-feira de carnaval, quando a tiragem do jornal é praticamente zero. O Liberal não possui credibilidade.

Portanto, fiquem atentos às próximas notícias que eles publicarem ou suas surucucus repórteres divulgarem sobre meu filho, provavelmente serão as mais grosseiras mentiras.

Eu e minha mulher, a Monica, sabemos que essa é uma luta de Davi contra Golias. A nossa funda é o Facebook, as pedras, para derrotar o “Golias”, são vocês. Confiante na infinita bondade e misericórdia de Deus, contamos com vocês.

Ler 155 vezes
Mais nesta categoria: « Lula e Fleury O de sempre »

Comments fornecido por CComment