Quarta, 12 Dezembro 2018 10:00

Fim de feira

Escrito por Lúcio Flávio Pinto
Avalie este item
(0 votos)

A Hidroservice, nos anos 1970/80 uma das maiores empresas de consultoria e engenharia do Brasil, implantou ao mesmo tempo uma fazenda em Itupiranga, no centro-sul do Pará, e um hotel de luxo em São Paulo. O hotel Mufarrej funciona até hoje, na alameda Santos, área nobre da capital paulista. A Hidroservice Amazônia virou museu. O caixa único, formal ou informal, sob o comando de Henry Maksoud, um mestre das finanças e do proselitismo.

Lembrei essa história ao ler a justificativa apresentada pelo deputado Aguinaldo Ribeiro (do PP da Paraíba e um dos líderes do atual governo para mais um ato de irresponsabilidade e vilania dos integrantes da atual legislatura na Câmara Federal.

Ontem, os parlamentares aprovaram a prorrogação dos incentivos fiscais para as empresas instaladas nas áreas da Sudam (Amazônia), Sudene (Nordeste) e Sudeco (Centro-Oeste) por mais cinco anos, até 2023. O impacto da renúncia fiscal para esse período é calculado em 40 bilhões de reais. O projeto foi aprovado simbolicamente, sem o registro de voto dos deputados, por aclamação dos líderes.

 “Quando tratamos de corrigir diferenças regionais, nós estamos tratando da federação como um todo. É essa a compreensão que nós temos”, argumentou Aguinaldo Ribeiro. Mas todos sabem que o dinheiro dos incentivos fiscais funciona principalmente como um bumerangue: é aplicado nas regiões desfavorecidas e mais pobres, mas volta às mais ricas, de onde se origina o capital. Uma vez colhido o incentivo, quando nada em dedução do imposto de renda, ele retorna, ampliado, ao lançador do recurso, que o maneja como um atirador de bumerangue. Esse mecanismo subterrâneo impede a redução das desigualdades e disparidades intrarregionais.

m fim de feira e destituídos do sentido de nação, para não falar em patriotismo, os parlamentares que não voltam, com a cumplicidade dos reeleitos, fazem a festa. Quem vier que arque com o custo. E, evidentemente, o repasse à vítima de sempre: o povo.

Ler 220 vezes Última modificação em Quarta, 09 Janeiro 2019 11:16

Comments fornecido por CComment