Quarta, 20 Março 2019 09:40

Norsk perde de novo

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

A Hydro, uma das maiores empresas de alumínio do mundo, ainda não conseguiu se recuperar integralmente do extenso ataque cibernético que sofreu no dia, colocando fora do ar seu sistema de informática,mas informou que " fez progressos na obtenção de operações seguras e estáveis ​​em toda a empresa". A maioria das suas atividades, inclusive em Barcarena, no Pará, está sendo feita manualmente.

É mais um prejuízo que a empresa acumula desde fevereiro do ano passado, quando foi punida por fazer despejo irregular de rejeitos da lavagem de bauxita na Alunorte, a maior fábrica de alumina do mundo. A maior sanção foi o embargo a metade da sua produção de alumina,, que provocou redução igual para trás (na extração de bauxita) e para frente (na produção do metal). Em consequência, o valor das ações da Norsk Hydro no mercado internacional caiu 40%. No último trimestre do ano passado, a empresa teve prejuízo de 63 milhões de dólares.

Em janeiro deste ano, o governo revogou a punição imposta pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado, mas a restrição continha em vigor, por decisão judicial. A Norsk está tentando retomar a plena produção. Para isso, substituiu seu antigo presidente, que estava no cargo havia 10 anos, pela executiva do setor de metais primários.

Ler 163 vezes

Comments fornecido por CComment