Sexta, 28 Setembro 2018 10:55

Como Belém amanheceu?

Escrito por Lúcio Flávio Pinto
Avalie este item
(0 votos)

O empresário Giovanni Maiorana, de 26 anos, saiu de uma festa já de madrugada, ontem. Estava alcoolizado. Mesmo assim, embarcou na sua camionete de luxo Jeep, de grande potência. Pisou fundo no acelerador. Percorrera uma curta distância até perder o controle do veículo. Foi batendo violentamente em cinco carros sucessivos, que estavam estacionados na avenida Gentil Bittencourt.

Apesar das colisões, avançou para a calçada, onde atropelou Gabriela Cristina Jardim Costa, de 19 anos, que morreu de imediato, e Kinberley Guedes, sua amiga, de 20 anos, que ainda resistiu um pouco, mas morreu ao ser atendida. O motorista Alessandro Guedes da Silva ficou ferido e foi levado para o hospital metropolitano, em Ananindeua, onde continua internado.

Quando seu carro parou, Giovanni atravessou a avenida, cambaleante. Enrolando a fala, ofereceu dinheiro ao taxista Marcos Ramalho, para que ele o levasse dali. O motorista se recusou. Respondeu que havia pessoas feridas e que seu próprio táxi fora avariado. Tinham que esperar a polícia, que chegou e deu início a um procedimento, que ainda demandará tempo – muito ou pouco, nunca se sabe, tratando-se da justiça – até chegar ao fim, se chegar.

Como amanheceu Giovanni Maiorana depois de ter causado essa tragédia?

Como amanheceram os parentes e amigos das vítimas?

Como amanheceu a criança de três anos, filha de Gabriela, de 19?

Como Belém amanheceu?

Ler 117 vezes Última modificação em Segunda, 07 Janeiro 2019 18:21

Comments fornecido por CComment